Mundo

29/07/2022 as 09:58

Embaixadores dos países do G7 na Ucrânia visitam Odessa

Ação destaca a importância da retomada de exportação de grãos

Agência: Ansa
Foto: Divulgação/Melinda Simmons/https://ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/interna<?php echo $paginatitulo ?>

Os embaixadores dos países do G7 na Ucrânia visitaram nesta sexta-feira (29) a cidade de Odessa para destacar a importância do acordo com a Rússia para exportação de grãos.

Melinda Simmons, embaixadora britânica na Ucrânia, publicou uma foto no Twitter dos diplomatas posando no cais do porto do município.

"Meus colegas embaixadores do G7 e eu estamos em Odessa com a Turquia para reiterar a importância do acordo mediado pela ONU que permite que alimentos sejam enviados para fora da Ucrânia. A Rússia deve respeitar o acordo", escreveu a diplomata.

Em 22 de julho, Rússia e Ucrânia assinaram um acordo para permitir o escoamento dos cereais e evitar uma crise alimentar de proporções globais. Com isso, Kiev poderá exportar os produtos através de três portos no Mar Negro (Odessa, Chornomorsk e Pivdennyi), reiniciando o comércio internacional de um dos pilares de sua economia.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, visitou um porto no sul do país para supervisionar o carregamento de grãos para exportação. Imagens de vídeo feitas em Chornomorsk mostraram o chefe de Estado na frente de um navio chamado Polarnet.

"Nosso lado está totalmente preparado. Enviamos todos os sinais para nossos parceiros, enquanto os nossos militares garantem a situação de segurança. O ministro da Infraestrutura está em contato direto com os turcos e a ONU. Estamos esperando um sinal deles de que podemos começar", disse Zelensky.

A presidência informou que a exportação de grãos começará pelas embarcações que já estavam carregadas quando a Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro, mas incapazes de zarpar devido ao início do conflito. Kiev pretende enviar cerca de 20 milhões de toneladas de produtos, no valor de cerca de US$ 10 bilhões.(