Mundo

10/05/2022 as 18:20

Corpos de soldados russos são abandonados nas ruas da Ucrânia

Em Izyum, os corpos de 44 civis foram descobertos sob os escombros de um prédio de cinco andares destruído pelos russos

fonte
Foto: EPA / Ansa / https://ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/internacional/2022/05/<?php echo $paginatitulo ?>

Dezenas de cadáveres de soldados russos foram abandonados nas ruas e nas casas dos vilarejos libertados por militares ucranianos na região de Kharkiv.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (10) no Telegram pelo chefe da administração militar regional, Oleg Sinegubov, de acordo com a agência Ukrinform.

"Encontramos seus corpos nas ruas, nas casas, eles nem foram enterrados, foram deixados em aterros sanitários. Quando se retiram, não levam os corpos de seus soldados. Isso atesta mais uma vez sua ética, seus princípios e regras de guerra", disse.

Um relatório da Al Jazeera revelou também que corpos de militares russos em grandes sacos brancos empilhados em um vagão refrigerado de um trem na região de Kiev.

A publicação mostra imagens dos "crachás" colados aos uniformes, além de joias, que provavelmente foram roubadas de civis ucranianos, explica a emissora do Catar.

"Os ucranianos trataram os mortos de seus inimigos melhor do que eles trataram os civis. Eles serão mantidos pelo tempo que for necessário. O governo decidirá porque a Rússia se recusa a aceita-los. Não os quer. Todo corpo é prova de uma guerra", explicou o coronel do Exército ucraniano, Volodymyr Liamzin.

Hoje, as forças russas também retomaram o ataque à siderúrgica Azovstal, onde centenas de combatentes continuam resistindo. De acordo com Kiev, pelo menos 34 ataques aéreos foram registrados nas últimas 24 horas.

Em Izyum, os corpos de 44 civis foram descobertos sob os escombros de um prédio de cinco andares destruído pelos russos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) verificou 200 ataques contra instalações de saúde na Ucrânia desde o início da guerra.