Mundo

21/07/2021 as 17:30

Itália tem maior número de novos casos de Covid em 2 meses

Movimentação de turistas na Torre de Pisa, centro-norte da Itália

Agência: Ansa
Foto: Ansa / ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/internacional/2021/07/21/italia-tem-<?php echo $paginatitulo ?>

A Itália registrou nesta quarta-feira (21) mais 4.259 casos e 21 mortes na pandemia de Covid-19, elevando os totais de contágios e óbitos para 4.297.337 e 127.905, respectivamente.

Segundo boletim do Ministério da Saúde, esse é o maior número de novos casos em um único dia no país desde 22 de maio, quando haviam sido notificados 4.717 diagnósticos positivos. Em relação a quarta-feira da semana passada, o aumento nos contágios diários é de quase 100%.

A Itália vem registrando uma tendência de alta nos casos desde o início de julho, embora com cifras ainda longe do pico da pandemia - o país chegou a ter 40 mil contágios por dia em novembro passado. As mortes diárias, por sua vez, ainda estão em queda.

O governo tem demonstrado preocupação com a disseminação da variante Delta do novo coronavírus, que já responde por um em cada cinco novos casos de Covid na Itália e tende a se tornar predominante.

O país ainda soma pouco mais de 4,1 milhões de pacientes curados e 51.308 contágios ativos, maior cifra desde 29 de junho (52.824).

Até o momento, já foram aplicadas cerca de 62,7 milhões de vacinas anti-Covid na Itália, sendo que 28 milhões de pessoas, 47% da população (52% da população vacinável), tomaram as duas doses da AstraZeneca, da Pfizer ou da Moderna ou a dose única da Janssen e concluíram o ciclo de imunização.