Mundo

17/05/2021 as 22:52

Biden liga para Netanyahu e diz que EUA apoiam cessar-fogo

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, telefonou na tarde desta segunda-feira (17) para o primeiro-ministro de Israel

Agência: Ansa
Foto: EPA / Ansa / ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/internacional<?php echo $paginatitulo ?>

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, telefonou na tarde desta segunda-feira (17) para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e expressou seu apoio a um cessar-fogo nos ataques contra grupos palestinos.

De acordo com comunicado divulgado pela Casa Branca, o democrata "reiterou seu firme apoio ao direito de Israel de se defender contra ataques indiscriminados com foguetes" e "saudou os esforços para lidar com a violência intercomunitária e trazer calma a Jerusalém".

Além disso, Biden pediu para Israel garantir a proteção de civis inocentes em meio ao conflito e discutiu o progresso do Exército israelense contra o Hamas e outros grupos terroristas na Faixa de Gaza.

Por fim, o líder americano e o premiê de Israel debateram "o envolvimento dos EUA com o Egito e outros parceiros" na região para ajudar a diminuir as tensões.

Hoje cedo, o secretário de Estado, Antony Blinken, disse à imprensa que funcionários de todo o governo estão "trabalhando sem parar" para pôr fim à violência.

A ligação entre os dois líderes ocorreu na esteira de devastadores ataques aéreos israelenses. No domingo, Israel conduziu um bombardeio que destruiu várias casas na Faixa de Gaza. A ofensiva, a mais mortal até agora no conflito em curso, matou pelo menos 42 pessoas. Enquanto isso, mais de 3 mil foguetes disparados pelos palestinos atingiram cidades israelenses.

Ontem(16), inclusive, Netanyahu defendeu um ataque aéreo contra um prédio de 12 andares que abrigava a mídia internacional, citando a inteligência de que o Hamas estava usando uma parte do edifício para planejar atentados terroristas.