Mundo

02/03/2021 as 13:30

ONU: Merenda escolar atingiu média máxima histórica antes da pandemia

Entre 2013 e 2020, número de alunos recebendo merenda cresceu 9% no mundo e 36% nos países de baixa renda

A Referência
Foto: World Bank/Bart Verweij / areferencia.com/coronavirus/onu-merenda-escolar-atingiu-me<?php echo $paginatitulo ?>

Por Redação

Um relatório do Programa Mundial de Alimentos revela que metade das crianças em idade escolar, ou 388 milhões em todo o mundo, estava recebendo merenda na escola antes da pandemia. O número é o maior na média histórica.

Segundo a pesquisa, entre 2013 e 2020, o número de alunos recebendo merenda cresceu 9% globalmente e 36% em países de baixa renda.

Em poucas semanas, porém, com o início da pandemia, essa situação mudou. Em abril de 2020, 199 países fecharam escolas e 370 milhões de crianças acabaram sem o benefício. Para muitas, a merenda era a única refeição do dia. 

Em entrevista à ONU News, o o representante do Programa no Brasil e diretor do Centro de Excelência contra a Fome, Daniel Balaban, destacou a importância da merenda escolar à formação coletiva e humana das crianças. Confira no vídeo.