Esportes

30/06/2022 as 22:34

Botafogo leva 3 a 0 do América-MG e se complica nas oitavas da Copa do Brasil

O América pode perder por até dois gols Além da vaga, está em disputa uma premiação de R$ 3,9 milhões

fonte
Foto: Mourão Panda / Ag. Brasil / https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2022-0<?php echo $paginatitulo ?>

O Botafogo sofreu mais um duro golpe nas mãos do treinador Luís Castro. Na noite desta quinta-feira, perdeu por 3 a 0 para o América-MG, na Arena Independência, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O time carioca até teve lampejos de bons momentos, mas sofreu com a velocidade do adversário, que foi mais eficaz e encerrou um jejum de cinco jogos sem marcar.

No jogo de volta, marcado para o dia 14 de julho (quinta-feira), às 21h, no Nilton Santos, o Botafogo terá que vencer por quatro gols de diferença para levar a classificação sem ter que disputá-la nos pênaltis. O América pode perder por até dois gols Além da vaga, está em disputa uma premiação de R$ 3,9 milhões.

Pressionado com a sequência ruim do América na temporada, Vagner Mancini surpreendeu ao formar um trio de ataque com Everaldo, Pedrinho e Wellington Paulista, este não era titular desde o dia 15 de março. O treinador ainda fez mudanças na defesa e na lateral.

Luís Castro optou pela continuidade do trabalho e não fez alterações significativas, e a expectativa era grande em cima do clube, tanto que os botafoguenses apareceram em bom número na Arena Independência.

E a estrela brilhou mais em direção ao técnico Vagner Mancini. O América entrou em campo mais concentrado e abriu o placar logo aos cinco minutos, com o dedo do treinador. Patric fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Wellington Paulista. O atacante acertou uma bela cabeça para jogar a bola no fundo das redes.

Wellington Paulista, logo depois, ia fazendo o segundo, mas o árbitro, desta vez, assinalou impedimento do atacante. O Botafogo, por sua vez, não ficou só assistindo e chegou a acertar a trave em duas oportunidades com Matheus Nascimento.

Mas o América estava inspirado. Danilo Avelar, mais uma aposta de Mancini, recebeu novo cruzamento de Patric e jogou de cabeça para o gol. A situação do Botafogo só não foi pior pois Gatito fez um milagre no arremate de Alê, no fim da etapa inicial.

Atrás do placar, Luís Castro precisou mexer, mas as alterações não surtiram efeito. O América continuou superior, foi criando oportunidades e marcou o terceiro aos 13 minutos. Em bela trama de contra-ataque do time mineiro, a bola ficou com Alê. Ele pegou de primeira, entre as pernas de Gatito.

Com três gols de vantagem, Mancini resolveu tirar os seus homens de frente, o que fez com que o ritmo da partida caísse. Com isso, o América recuou, mas o Botafogo estava rendido. O time carioca pouco ameaçou e não teve forças para diminuir o placar.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 3 X 0 BOTAFOGO

AMÉRICA-MG - Matheus Cavichioli; Patric, Luan Patrick, Éder e Danilo Avelar (Marlon); Lucas Kal, Juninho e Alê (Juninho Valoura); Everaldo (Felipe Azevedo), Wellington Paulista (Aloísio) e Pedrinho (Matheusinho). Técnico: Vagner Mancini.

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Kanu, Joel Carli e Philipe Sampaio (Jeffinho); Daniel Borges (Saraiva), Kayque (Del Piage), Patrick de Paula, Chay e Hugo; Vinícius Lopes (Diego Gonçalves, depois Daniel Cruz) e Matheus Nascimento. Técnico: Luís Castro.

GOLS - Wellington Paulista, aos 5, e Danilo Avelar, aos 34 minutos do primeiro tempo; Alê, aos 13 do segundo.

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

CARTÕES AMARELOS - Éder e Wellington Paulista (América-MG) e Saravia (Botafogo).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).