Esportes

21/06/2022 as 22:47

Chapecoense perde para o CRB e segue sem vencer em casa na Série B

Com o resultado, o CRB chegou aos 18 pontos, na sétima colocação da Série B, se aproximando do G-4

fonte
Foto: Júlia Galvão/Chapecoense<?php echo $paginatitulo ?>

Em jogo que começou atrasado por causa da queda de energia nos refletores da Arena Condá, o CRB surpreendeu a Chapecoense ao vencer por 2 a 1, na noite desta terça-feira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o que gerou muitas críticas dos torcedores presentes no estádio.

Com o resultado, o CRB chegou aos 18 pontos, na sétima colocação da Série B, se aproximando do G-4. Já a Chapecoense, que continua sem vencer na Arena Condá, acabou ficando com 15, no 13º lugar.

A vitória fez com que o CRB quebrasse um tabu de nunca ter vencido a Chapecoense na Série B do Campeonato Brasileiro. Os outros dois jogos haviam terminado com triunfo do time catarinense.

Após os refletores serem ligados, a Chapecoense aproveitou o embalo de seus torcedores para envolver o CRB, mas sentiu a ausência de seu atacante Perotti. Faltava alguém para empurrar para o gol. No entanto, assustou. Aos 16 minutos, Tiago Real aproveitou a sobra e exigiu um milagre do goleiro Diogo Silva.

O CRB esboçou alguns lampejos de bons momentos na etapa inicial, a exemplo na tentativa de Emerson Negueba. Ele saiu na frente de Vagner, mas chutou para fora. O castigo aconteceu aos 34 minutos Orejuela fez o que quis pela direita, tabelou com Tiago Real e viu a bola sobrar para Éderson fazer 1 a 0.

Tudo indicava que o time catarinense sairia com a vitória parcial, mas o CRB resolveu estragar a festa aos 45 minutos. Anselmo Ramon deu um lindo passe para Fabinho, que tocou na saída de Vagner para deixar tudo igual.

No segundo tempo, Anselmo Ramon provou que era sua noite de garçom. Ele deu nova assistência espetacular, de três dedos, para Fabinho fazer mais um, aos 26 minutos, em boa trama de contra-ataque do CRB na partida.

Em vantagem, o CRB recuou e chamou a Chapecoense para o seu campo de defesa. O time catarinense até tentou um abafa, mas não conseguiu criar e acabou sofrendo mais um revés dentro de casa.

A Chapecoense volta a campo nesta segunda-feira, às 20h, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). Dois dias depois, o CRB enfrenta o Tombense, às 21h30, no Rei Pelé, em Maceió (AL)

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 X 2 CRB

CHAPECOENSE - Vagner; Ryan (Matheus Bianqui), Léo, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira, Marcelo Freitas (Betinho) e Tiago Real (Claudinho); Chrystian, Éderson (Jonathan) e Orejuela (Rodrigo Silva). Técnico: Gilson Kleina.

CRB - Diogo Silva; Wellington Carvalho, Gum e Gilvan; Raul Prata (Reginaldo), Marthã, Wallace e Guilherme Romão; Fabinho (Richard), Anselmo Ramon (Iago Mendonça) e Emerson Negueba (Gabriel Conceição). Técnico: Daniel Paulista.

GOLS - Éderson, aos 34, e Fabinho, aos 45 minutos do primeiro tempo. Fabinho, aos 26 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Edina Alves Batista (SP).

CARTÕES AMARELOS - Claudinho (Chapecoense); Fabinho, Gilvan e Marthã (CRB).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).