Esportes

27/05/2022 as 11:43

McLaren vai estampar marca de Senna de forma permanente

Logotipo está presente no halo dos monopostos da equipe

Agência: Ansa
Foto: Divulgação/McLaren/Ansa/https://ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/esportes/20<?php echo $paginatitulo ?>

A marca do ex-piloto brasileiro Ayrton Senna ficará estampada nos carros da McLaren de forma permanente a partir desta sexta-feira (27), primeiro dia dos trabalhos do tradicional Grande Prêmio de Mônaco de F1.

Além de ser o detentor do maior número de poles faturadas no circuito, o tricampeão mundial de Fórmula 1 ainda é o recordista de vitórias em Mônaco, com seis conquistas. O brasileiro venceu as edições de 1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993.

No time britânico, Senna venceu 35 corridas e faturou três títulos mundiais, tendo se estabelecido como um dos maiores pilotos de todos os tempos. A marca do brasileiro estará presente no halo dos monopostos da McLaren, que são guiados na atual temporada por Daniel Ricciardo e Lando Norris.

"Senna é, e sempre será, uma lenda da McLaren. O MCL36 levará o logotipo Senna, marcando nosso compromisso de celebrar seu legado, e não consigo pensar em uma corrida melhor do que o GP de Mônaco para começar este reconhecimento. Servirá como uma lembrança constante do talento sensacional de Ayrton para nós como equipe, e para todos os fãs ao redor do mundo", disse Zak Brown, CEO da McLaren.

Já Bianca Senna, CEO de Senna Brands e sobrinha do ex-piloto brasileiro, afirmou que a relação com a McLaren é "muito especial" e comentou que a homenagem é um "motivo de orgulho".

"Estampar a marca Senna só confirma que o legado de Ayrton Senna ultrapassa a barreira do tempo. É muito significativo que esta homenagem seja revelada em Mônaco, onde o Ayrton é até hoje o maior vencedor. Isso é motivo de orgulho para todos nós, agradeço ao Zak Brown e a todos da McLaren por esta linda homenagem", disse Bianca.

O GP de Mônaco é o sétimo da temporada de 2022 da principal categoria do automobilismo mundial, que tem o atual campeão Max Verstappen, da Red Bull, na liderança. Com 50 pontos no campeonato de construtores, o melhor resultado da McLaren foi um terceiro lugar de Norris na prova da Emilia-Romagna, na Itália.