Esportes

14/10/2021 as 11:09

Novo goleiro do Milan elogia brasileiro Dida

Antonio Mirante afirmou que o ex-goleiro é 'excepcional'

Agência: Ansa
Foto: Divulgação/Milan / https://ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/esportes/2021/10<?php echo $paginatitulo ?>

O experiente goleiro Antonio Mirante, que foi contratado pelo Milan para substituir o francês Mike Maignan, rasgou elogios ao ex-jogador Dida e afirmou que o brasileiro vai ajudá-lo a ter mais "experiência" e "qualidade".

Aos 48 anos de idade, Dida defendeu o Milan entre 2002 e 2010, tendo conquistado três títulos, como a edição de 2003/04 do Campeonato Italiano. Em 2020, o brasileiro foi contratado para ser o treinador de goleiros do clube lombardo.

"O Dida foi um goleiro excepcional, ainda não o conheço como treinador, mas a minha filosofia é melhorar sempre. Chego em campo com a consciência de que todos os dias coloco um tijolo na minha experiência e qualidade e o Dida pode me dar muita. Eu quero consertar meus defeitos, não posso ficar satisfeito, vou trabalhar muito no que ele achar adequado para eu melhorar", disse Mirante em uma entrevista ao site oficial do Milan.

Revelado pela Juventus, Mirante tem 38 anos e já defendeu Sampdoria, Parma e Bologna. Na Roma, o goleiro foi reserva de Robin Olsen e Pau López, mas conseguiu ser titular em alguns determinados momentos em função da instabilidade dos seus ex-companheiros de equipe. No entanto, fechou sua passagem pela capital como terceira opção.

Mirante comentou que a negociação com o Milan "foi um raio" e aceitou a proposta de forma "imediata". O goleiro já estará disponível para enfrentar o Hellas Verona no próximo sábado (16), no San Siro, pela Série A.

Mesmo que o Milan tenha se reforçado de maneira emergencial com Mirante, o contestado Ciprian Tatarusanu deverá ganhar uma chance no próximo compromisso do rossonero, segundo informações do jornal "Gazzetta dello Sport".

Toda essa movimentação do Milan foi provocada pela lesão de Maignan, que passou na última quarta-feira (13) por uma cirurgia no pulso esquerdo. O francês, no entanto, voltará aos gramados somente no próximo ano.