Economia

13/01/2022 as 17:00

Petrobras diz à FUP que tem 725 casos confirmados de covid-19, maior parte no Rio

Somente no Rio de Janeiro, a estatal registra 468 casos, seguido de São Paulo, com 119

fonte
Foto: Fernando Frazão / Ag. Brasil / https://www.bemparana.com.br/noticia/petrobras-diz-a-<?php echo $paginatitulo ?>

Por Denise Luna

Em reunião com a Federação Única dos Petroleiros (FUP) sobre avanço da covid-19 entre os empregados, a Petrobras informou que já tem 725 casos confirmados e 1.041 pessoas suspeitas de terem contraído a doença, e que vai voltar a adotar sistema do início da pandemia, em março de 2020. Somente no Rio de Janeiro, a estatal registra 468 casos, seguido de São Paulo, com 119.

De acordo com o último boletim do Ministério de Minas e Energia (MME), em 14 de dezembro de 2020 eram apenas 19 o número de empregados da estatal com a doença. O MME descontinuou o boletim no ano passado.

Segundo a FUP, a Petrobras está analisando o aumento da carga horária de 8 horas para 12 horas, diante da explosão de casos, para manter a operação.

Também deverá reduzir para 40% o contingente da sede da empresa, no Rio de Janeiro, que estava voltando aos poucos ao trabalho presencial. A ideia é limitar a dois dias a ida dos funcionários aos escritórios.

A Petrobras informou ainda que está operacionalizando um novo protocolo nas plataformas, fazendo testagens em todos os empregados após a descoberta de um caso de contaminação.

A reivindicação da FUP, no entanto, é de que a estatal faça as testagem nas unidades mesmo que não haja casos suspeitos.