Política

11/10/2018 as 15:55

Haddad se reúne com secretário da CNBB em Brasília

Conferência afirmou que o candidato não pediu apoio

Agência: Ansa
Foto: AnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - Em desvantagem nas pesquisas, o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, se reuniu nesta quinta-feira (11), em Brasília, com o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner, em busca de estreitar laços com segmentos religiosos da sociedade.

Segundo a última pesquisa do Datafolha, a disputa entre Bolsonaro e Haddad é equilibrada no eleitorado católico (46% a 40% em favor do deputado), enquanto entre os evangélicos o petista perde por ampla margem (25% a 60%).

"É comum, em período eleitoral, que candidatos de diversos partidos e grupos políticos solicitem agenda e sejam recebidos, sem a presença da imprensa", diz uma nota assinada por dom Steiner, que também é bispo auxiliar de Brasília.

"O candidato não veio pedir apoio, e a CNBB não tem partido nem candidato. O candidato expôs suas propostas de governo e sua preocupação com o Brasil", acrescenta. A conferência, por sua vez, abordou temas que "preocupam os bispos" do país: a não legalização do aborto, a proteção do meio ambiente, a atenção especial à questão indígena e quilombola, a defesa da democracia e o combate rigoroso à corrupção".

Haddad aparece com 42% dos votos válidos na última pesquisa do Datafolha, contra 58% de Bolsonaro. (ANSA)