Mundo

25/01/2021 as 13:49

Itália confirma 1º caso de variante brasileira de coronavírus

Paciente retornou nos últimos dias e está no hospital de Varese

Agência: Ansa
Foto: http://ansabrasil.com.br/ansausers/brasil/flash/internacional<?php echo $paginatitulo ?>

A Itália confirmou nesta segunda-feira (25) seu primeiro caso da cepa brasileira do coronavírus Sars-CoV-2, que já motivou a proibição de voos e viajantes provenientes do país sul-americano ao território italiano.

O anúncio foi feito pela Agência de Tutela da Saúde (ATS) Insubria, que disse que o paciente retornou recentemente de uma viagem ao Brasil. Exame RT-PCR feito no homem confirmou a infecção pela nova cepa.

"O primeiro caso da variante brasileira observada na Itália está sendo avaliado no Hospital de Varese. É um homem que voltou do Brasil para o aeroporto de Malpensa via Madri nos últimos dias e testou positivo", diz o comunicado.

Segundo as autoridades sanitárias locais, o paciente "está bem de saúde, mas, por precaução, foi internado para fazer exames". Ele está na enfermaria do Hospital de Varese, na região da Lombardia, que é chefiada pelo professor Paolo Grossi.

Após a identificação da variante pelo laboratório de microbiologia chefiado pelo professor Fabrizio Maggi, os familiares do paciente foram submetidos a testes e estão sob vigilância da ATS Insubria.

Os especialistas estão monitorando a situação em conjunto com o Departamento de Bem-Estar da região da Lombardia e o Instituto Superior de Saúde (ISS).

"Todas as medidas de saúde pública previstas pelos atuais protocolos para o controle da disseminação da variante brasileira em nosso território foram adotadas e, até o momento, a situação não é motivo de alarme", finaliza o comunicado.

A cepa brasileira teria surgido em Manaus, cidade que vive um colapso do sistema de saúde por causa da explosão no número de casos. A mutação, segundo especialistas, pode ser considerada mais contagiosa do que a versão original do Sars-Cov-2.

Até o último balanço do Ministério da Saúde, a Itália contabiliza 2.466.813 casos de Covid-19 e 85.461 mortos desde o início da pandemia.