Mundo

13/01/2021 as 14:42

Única mulher no corredor da morte dos EUA é executada

Lisa Montgomery foi morta em uma penitenciária em Terre Haute

Agência: Ansa
Foto: Reprodução / ansausers/brasil/flash/internacional<?php echo $paginatitulo ?>

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (13) que Lisa Montgomery, a única mulher no corredor da morte do país, foi executada com uma injeção letal.

Montgomery, de 52 anos, iria ser executada ontem (12) na penitenciária de Terre Haute, em Indiana. No entanto, o juiz James Patrick Hanlon bloqueou a sentença para permitir que a mulher passasse por um exame psiquiátrico.

A Suprema Corte, contudo, revogou a suspensão da execução de Montgomery, que se tornou a primeira mulher em quase sete décadas a ser executada pelos Estados Unidos.

Montgomery, que sofreu graves abusos na família quando criança, foi condenada à morte por um crime que cometeu em 2004. Na oportunidade, ela matou uma mulher grávida de oito meses, cortou sua barriga com uma faca e sequestrou o bebê ainda vivo.