Mundo

22/01/2020 as 10:43

Trump define Boeing como 'grande decepção'

Dessa forma, a Boeing é uma "empresa muito decepcionante" para mim, completou Trump

Agência Sputnik
Foto: © AP Photo / Ted S. Warren / SPUTNIK<?php echo $paginatitulo ?>

Nesta quarta-feira (22), o presidente dos EUA, Donald Trump, definiu a Boeing como uma "grande decepção" devido aos recentes problemas que tiveram um grande efeito na economia norte-americana.
"Essa é uma das maiores empresas do mundo, disse há um ano, e de repente, essas coisas aconteceram [...] Isso teve um grande impacto", afirmou Trump à emissora CNBC.

Quando se fala de crescimento, isso é tão grande que algumas pessoas dizem que equivale a mais de meio ponto do PIB. Dessa forma, a Boeing é uma "empresa muito decepcionante" para mim, completou Trump.

A crise da Boeing já custou o emprego de diversos trabalhadores, bem como a suspensão das operações das aeronaves Boeing 737 Max e uma queda de mais de 3% em suas ações.

Trump 'cobra' Apple
Entretanto, a Boeing não foi o único alvo do presidente, que também não deixou de "cobrar" o fornecimento de dados criptografados dos usuários da Apple.

Isso porque Trump quer que a Apple revele os dados criptografados dos usuários às autoridades para facilitar as investigações dos casos criminais.

"A Apple deve nos ajudar e dou uma grande importância a isso. Eles possuem as chaves para muitos crimes", afirmou durante Fórum Econômico Mundial na Suíça.
Recentemente, Trump criticou a Apple por recusar o pedido do governo para desbloquear o iPhone protegido por senha utilizado pelo atirador que matou três pessoas na Flórida.