Mundo

30/11/2019 as 10:04

Mídia chinesa anuncia potência nuclear 'escondida'

A mídia destaca que, durante algumas dezenas de anos, o desenvolvimento do Japão tem sido contido pelos EUA

Agência Sputnik
Foto: © REUTERS / Kyodo/Files<?php echo $paginatitulo ?>

A agência de notícias chinesa Sohu chama o Japão de verdadeira potência nuclear e pede aos países vizinhos, inclusive à Rússia, para se manterem atentos.
O autor do artigo, publicado pela agência de notícias chinesa Sohu, cita fontes de acordo com as quais, sob o pretexto de desenvolvimento de usinas nucleares civis, o Japão conseguiu obter uma grande quantidade de combustível nuclear. Isso seria o suficiente para produzir 6.000 bombas nucleares.

A mídia destaca que, durante algumas dezenas de anos, o desenvolvimento do Japão tem sido contido pelos EUA. Com isso, o país aproveitou o apoio do aliado e se tornou uma forte potência econômica. Agora, o Japão quer desempenhar o papel mais ativo na arena internacional.

Nota-se que, no campo das capacidades nucleares, o Japão integra os primeiros dez países do mundo, não devendo o nível tecnológico do país ser subestimado. Apesar de o Japão não ter licença para desenvolver armas nucleares, o país ocupa as primeiras posições no mundo no que se refere ao uso deste tipo de tecnologias.

Segundo o autor do artigo, em caso de início de hostilidades militares, o Japão seria capaz de criar rapidamente armas nucleares usando o material nuclear que possui.