Mundo

09/11/2019 as 08:53

Base com soldados americanos no Iraque é atacada com salva de foguetes Katyusha

No momento os EUA possuem pelo menos 5.000 militares no país árabe

Agência Sputnik
Foto: © AP Photo / Jim MacMillan<?php echo $paginatitulo ?>

Pelo menos 17 foguetes foram lançados contra uma base aérea iraquiana ao sul de Mossul, Iraque, que abriga tropas americanas.
Apesar da demora das autoridades iraquianas em se pronunciar sobre o ataque, uma porta-voz da coalizão disse que ninguém ficou ferido entre os militares iraquianos e americanos.

O ataque foi realizado contra a base aérea iraquiana de Al-Qayyara, cerca de 60 km ao sul da cidade de Mossul, conforme publicou a agência AP.

Embora ninguém tenha reivindicado a autoria do ataque, suspeita-se que o disparo de 17 projéteis do lançador de foguetes de fabricação soviética Katyusha tenha sido feito pelo Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

Luta contra terroristas
Comentando o ocorrido, a capitã do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos Marisa Roberts ressaltou a luta contra terroristas no país árabe com o apoio dos militares americanos.

"As forças da coalizão estão no Iraque a convite do governo iraquiano para derrotar o restante do Daesh [...] Nós não seremos intimidados por esses ataques e mantemos o direito de nos defendermos", disse a oficial americana.
Apesar de Bagdá ter anunciado a vitória contra o Daesh, embates contra o remanescente do grupo terrorista continuam no país.

No momento os EUA possuem pelo menos 5.000 militares no país árabe.