Mundo

15/09/2019 as 12:53

Manifestantes violam proibição e protestam em Hong Kong

Passeata terminou em confronto com a polícia

Agência Ansa
Foto: Epa / AQnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - Milhares de manifestantes, a maioria vestidos de preto, desafiaram as autoridades de Hong Kong e as proibições do governo e saíram às ruas novamente neste fim de semana para protestar contra a China. A nova marcha pró-democracia partiu neste domingo da área de Causeway Bay, com direção à Zona Central, onde ficam sedes do governo e instituições.

No 15º fim de semana consecutivo de protestos, as principais ruas no coração da ex-colônia britânica ficaram bloqueadas e as lojas comerciais tiveram que fechar devido aos confrontos entre policiais e manifestantes. Um grupo usou bombas de gasolina, coquetéis molotov e pedras contra as forças de segurança.

Em resposta, a polícia disparou jatos de água contra os militantes para tentar dispersar a passeata. Centenas de manifestantes se posicionaram diante da sede d consulado britânico em Hong Kong para pedir apoio da comunidade internacional aos protestos e mobilização para as reformas democráticas. Os manifestantes levavam bandeiras britânicas e cantaram o hino "God Save the Queen". (ANSA)