Mundo

07/06/2019 as 11:21

'Fora, Bolsonaro': ativistas argentinos protestam contra presidente do Brasil

O correspondente da Sputnik Mundo esteve presente no local

Agência Sputnik
Foto: © Sputnik / Francisco Lucotti<?php echo $paginatitulo ?>

Organizações dos direitos humanos, movimentos de esquerda, comunidade LGBT e sindicatos realizaram atos de protesto contra a política do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

"Bolsonaro, seu ódio não é bem-vindo aqui", estava escrito em um dos cartazes dos manifestantes. No dia 6 de junho, o presidente Jair Bolsonaro visitou pela primeira vez a Argentina. O correspondente da Sputnik Mundo esteve presente no local.  

Enquanto a delegação brasileira cumpria uma agenda política no Congresso argentino, os manifestantes enchiam os bairros perto da instituição legislativa, principalmente, na Avenida 9 de Julho e Avenida de Maio, tendo como objetivo marchar para a Praça de Maio.

Organizadores preparam uma pequena festa para os participantes com shows de grupos musicais tanto argentinos como brasileiros.

As manifestações foram organizadas pelo partido Frente de Esquerda e os Trabalhadores (FIT), pela Central de Trabalhadores da Argentina (CTA), pelas Mães da Praça de Maio, pelo coletivo Nem Uma Menos, e por outros.Como explicaram ativistas, as manifestações visam demostrar a rejeição definitiva aos partidos ultradireitistas na América Latina, à atividade contra os direitos humanos, além disso, para chamar atenção aos problemas do machismo e xenofobia e das pessoas em situações de vulnerabilidade.