Mundo

09/05/2019 as 17:34

'Força Espacial' de Trump custará bilhões aos cofres públicos dos EUA, diz relatório

As estimativas foram divulgadas pelo Escritório Orçamentário do Congresso (CBO) nesta quinta-feira (9)

Agência Sputnik
Foto: © AP Photo / John Locher<?php echo $paginatitulo ?>

A Força Espacial dos Estados Unidos, proposta pelo presidente Donald Trump, custará entre US$ 1,4 bilhão e US$ 3,2 bilhões para se estabelecer, além de US$ 1,5 bilhão por ano para pagar seus funcionários e despesas gerais. As estimativas foram divulgadas pelo Escritório Orçamentário do Congresso (CBO) nesta quinta-feira (9).
O relatório estima que A Força Espacial precisaria de entre 5,4 mil a 7,8 mil posições gerenciais, além de cerca de 22,9 militares e civis transferidos de outros ramos das Forças Armadas dos EUA.

"Essas novas posições aumentariam os custos do DoD [Departamento de Defesa dos EUA] entre US$ 1,1 bilhão e US$1,5 bilhão por ano", disse o relatório. 

"Além disso, as estimativas do CBO que o estabelecimento de um novo departamento militar incorreria em custos de US$ 1,4 bilhão a US$ 3,2 bilhões, principalmente para novas instalações de escritórios", acrescentou o documento.

Em fevereiro, Trump assinou uma diretiva que centralizou todas as funções espaciais militares sob uma divisão da Força Espacial dentro da Força Aérea dos EUA.

Os funcionários da administração Trump chamaram a decisão de um passo para a criação de um 6º ramo das Forças Armadas dos EUA, o que exigiria a aprovação do Congresso.