Mundo

08/02/2019 as 18:18

Aos 92, morre americano com mais tempo no Congresso dos EUA

O ex-deputado John Dingell foi eleito pela primeira vez em 1955

Agência: AE
Foto: Epa / AnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - O ex-deputado John Dingell, o mais antigo membro do Congresso dos Estados Unidos, faleceu nesta quinta-feira (7), aos 92 anos. "É com coração pesado que anunciamos a morte de John David Dingell Jr., ex-congressista de Michigan e membro mais antigo do Congresso norte-americano", diz o comunicado do escritório de sua esposa, a deputada Debbie Dingell. De acordo com a família do político, ele morreu pacificamente em sua casa em Dearborn, ao lado de sua esposa.

Em uma mensagem no Twitter, o ex-presidente dos EUA Bill Clinton homenageou o congressista nesta sexta-feira (8) e afirmou que os mandatários passam, mas "John Dingell continua para sempre".

"Durante quase 60 anos, John Dingell representou as pessoas do Michigan com honra, integridade e bom humor. Teve um papel relevante em algumas grandes vitórias legislativas desde 1955.

Hillary e eu estamos gratos por termos trabalhado com ele e por lhe termos chamado de amigo", escreveu. O democrata Barack Obama também expressou condolências. "Há 10 anos, em um momento de perigo, ele nos ajudou a salvar a indústria automobilística norte-americana e com isso salvou a vida de um milhões de cidadãos", ressaltou. Conhecido como "Big John", Dingell foi eleito pela primeira vez em 1955, para substituir seu pai. Em 2014, ele transferiu o cargo para Debbie. (ANSA)