Mundo

09/11/2018 as 11:28

Ataque a tiros teria acontecido em escola da Carolina do Norte nos EUA

De acordo com o Departamento do Xerife do Condado de Pender, trata-se de uma "cena ativa"

Agência © Sputnik
Foto: © Foto: Matthew Keys/twitter<?php echo $paginatitulo ?>

A polícia está respondendo a relatos de um atirador na Escola Secundária Topsail nesta sexta-feira (9).
De acordo com o Departamento do Xerife do Condado de Pender, trata-se de uma "cena ativa".

Segundo informações da televisão local, policiais já estão no local. 

O capitão James Rowell, do Condado de Pender, disse a repórteres que nenhum ferimento foi relatado a partir das 7h (10h em Brasília). A chamada sobre o possível atirador ativo na escola chegou às às 6h30 (9h30 em Brasília). 

A emissora local mostrou cerca de doze policiais no telhado do ginásio da escola.

Policias cercaram todo o território da escola, que inclui os prédios das escolas primária e secundária. Uma unidade antibomba também está de prontidão. 

De acordo com pessoas que moram na vizinhança, a escola está fechada sem deixar ninguém sair ou entrar, e crianças que estavam sendo levadas ao estacionamento de um supermercado próximo. 

Um policial disse que o mau funcionamento de um equipamento poderia ter provocado um alarme falso de tiroteio. 

A escola enfrentou um bloqueio de código vermelho em maio. Dois estudantes foram acusados de trazer armas para a escola, incluindo um fuzil semiautomático e facas. Um dos garotos alegou que estava portando um fuzil para evitar um suposto tiroteio no estabelecimento.  

A Escola Secundária Topsail está localizada na cidade de Hampstead, a 175 quilômetros a sudeste da capital da Carolina do Norte, Raleigh.