Mundo

08/11/2018 as 08:22

Americano é condenado no México por tentativa de homicídio de diplomata

"O cidadão americano e ex-estudante de medicina foi condenado a 264 meses de prisão

Agência Sputnik
Foto: © Sputnik / Ivan Rudnev<?php echo $paginatitulo ?>

Um cidadão norte-americano foi condenado a mais de duas décadas de prisão por tentar assassinar um diplomata do seu país no México, informou o Departamento de Justiça em um comunicado.


"O cidadão americano e ex-estudante de medicina foi condenado a 264 meses de prisão por tentar assassinar um diplomata no consulado dos EUA em Guadalajara, no México", afirmou o departamento.

Zia Zafar, de 33 anos, da Califórnia, se confessou culpado de tentativa de assassinato de uma pessoa internacionalmente protegida, acrescentou o texto. 

Zafar admitiu que antes de atacar o vice-cônsul, ficou em emboscada, antes de atirar em seu peito a curta distância.

O diplomata norte-americano não identificado sobreviveu, de acordo com a declaração, mas a bala permanece alojada em sua espinha e é considerada perigosa demais para ser extraída.