Mundo

07/11/2018 as 19:25

Procurador-geral dos EUA deixa cargo a pedido de Trump

Jeff Sessions entregou carta de demissão na Casa Branca

Agência: Ansa
Foto: Epa / AnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - O chefe do departamento de Justiça dos Estados Unidos, Jeff Sessions, renunciou ao cargo nesta quarta-feira (7) após pedido do presidente Donald Trump, informou a imprensa norte-americana.

Segundo a emissora "CNN", a carta de demissão foi entregue ao chefe de gabinete da Casa Branca, John Kelly.

No documento, citado pelo jornal "New York Times", Sessions confirma que se demite "a pedido do Presidente" e afirma que em seu "mandato como procurador-geral, restauramos e mantivemos o Estado de Direito", declara o procurador.

"Agradecemos ao ministro da Justiça, Jeff Sessions, e desejamos a ele o melhor", escreveu Trump no Twitter.

De acordo com o republicano, "um substituto permanente será nomeado", mas, por hora, o chefe do gabinete de Sessions, Matthew Whitaker, será temporariamente o ministro interino da Justiça.

O procurador-geral adjunto, Rod Rosenstein, deverá permanecer no cargo, com a responsabilidade de comandar a investigação sobre a interferência russa nas eleições de 2016. (ANSA)