Mundo

14/12/2017 as 08:43

Coletiva de imprensa anual de Vladimir Putin

A 13ª coletiva anual em 2017 contará com a presença de um número recorde de jornalistas – 1.640

Agência Sputnik
Foto: © Sputnik/ Ramil Sidtikov<?php echo $paginatitulo ?>

Hoje, 14 de dezembro, o presidente russo Vladimir Putin realiza a tradicional coletiva de imprensa alargada.

A 13ª coletiva anual em 2017 contará com a presença de um número recorde de jornalistas – 1.640.

O presidente russo lembrou os problemas que o canal de televisão RT está passando nos EUA. O Twitter proibiu às contas do canal colocar publicidade. O presidente russo comentou que a mídia estadunidense tem um enorme volume de publicidade, mas que as restrições são aplicadas apenas à mídia russa.

"Como o senhor avalia Donald Trump como presidente?", pergunta o jornalista da NBC.

"Eu não sou a pessoa indicada para avaliar o trabalho de Trump", confessa Putin, mas destaca as melhoras na gestão econômica e industrial durante o seu mandato.

Os norte-americanos é que devem dar uma avaliação do seu presidente, disse Vladimir Putin.

Os desafios são conhecidos: o combate ao terrorismo é um deles, este combate seria ainda mais eficiente se uníssemos esforços internacionais.

"Será que todo o contato deve ser proibido?", pergunta Putin ironicamente sobre as alegações de que representantes da Rússia se teriam intrometido nas eleições presidenciais ganhas por Donald Trump.