Geral

10/07/2019 as 14:09

Áudio vazado do procurador da Lava Jato traz à tona brasileiros 'iguais' a Deltan

Obviamente, o procurador Deltan Dallagnol não escaparia.

Agência Sputnik
Foto: © Fernando Frazão<?php echo $paginatitulo ?>

O surgimento de um áudio, que seria do procurador Deltan Dallagnol comemorando a proibição de setembro de 2018 de Lula dar entrevista, causou indignação em muitos brasileiros, mas uma parcela apoiou a atitude do coordenador da força-tarefa da Lava Jato.
Trata-se do primeiro áudio a ser publicado pelo The Intercept Brasil, que há um mês vem postando matérias comprometedoras tanto para o ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, como para toda a força-tarefa da maior operação anticorrupção do Brasil, a Lava Jato. Obviamente, o procurador Deltan Dallagnol não escaparia.

De acordo com The Intercept Brasil, que está vazando material em parceria com Veja, Folha de S. Paulo e o jornalista Reinaldo Azevedo, há muito material para ser divulgado, sendo esse mês de publicação apenas o início.

O áudio traz a voz que seria de Deltan Dallagnol falando aos procuradores da Lava Jato quanto à proibição de setembro de 2018 da entrevista que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva daria para a Folha de S. Paulo. A notícia foi dada com ar de comemoração para "começar bem a semana".

Apoiando ou não a divulgação do material vazado, todos aguardavam a postagem de áudio, estando a parcela que não acredita no material do The Intercept Brasil desacreditada com a real existência de comprovação que desse para ser ouvida. E mesmo com a publicação do primeiro áudio, ainda há muita gente achando que não passa de farsa.

A hashtag #SomosTodosDeltan surgiu nesta quarta-feira (10) com propósito inicial de demonstrar que há quem apoie o procurador da Lava Jato. Mas isso não quer dizer que quem o desaprove não possa usar a hashtag para criticar Deltan Dallagnol.

Sendo a comemoração de Deltan uma tomada de lado em uma investigação, há quem não veja problema algum em comemorar.