Geral

16/09/2018 as 21:57

Manifestantes realizam festival em apoio a Lula em São Paulo

Organizado por produtores independentes e pela Frente Brasil Popular

Agência © Sputnik
Foto: © Foto: Ricardo Stuckert<?php echo $paginatitulo ?>

Mesmo fora da disputa presidencial de 2018, Luiz Inácio Lula da Silva segue mobilizando multidões. Neste domingo, em São Paulo, artistas, políticos e ativistas se reuniram na Avenida Paulista para defender a liberdade do ex-presidente, que cumpre pena desde abril em Curitiba por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Organizado por produtores independentes e pela Frente Brasil Popular, o ato, intitulado Festival Lula Livre, contou com a presença de uma série de nomes de destaque da música brasileira, que subiram ao palco para defender a inocência do ex-chefe de Estado e, segundo os organizadores, a democracia brasileira. Substituto de Lula na corrida pelo Palácio do Planalto, o candidato oficial do Partido dos Trabalhadores (PT) à presidência, Fernando Haddad, foi ovacionado na capital paulista por milhares de manifestantes. Inicialmente apontado como vice na chapa que seria liderada pelo ex-presidente, Haddad tem feito questão de frisar sua lealdade a Lula como forma de conquistar apoio popular para sua candidatura. 

No último sábado, 15, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, também do PT, disse durante encontro com líderes políticos e simpatizantes em Teófilo Otoni que, se eleito, Haddad deverá conceder um indulto ao ex-presidente Lula em seu primeiro dia de governo. 

"Vamos eleger Haddad presidente da República, e eu tenho certeza que, eleito, o Haddad irá assinar no seu primeiro dia de governo um indulto para o presidente Lula, irá tirá-lo desta prisão injusta e arbitrária", afirmou o político, citado pelo Estado de Minas.