Geral

12/12/2017 as 21:22

Julgamento de Lula em 2ª instância é marcado para janeiro

Se for condenado, o ex-presidente não poderá disputar eleições

Agência Ansa
Foto: Ansa<?php echo $paginatitulo ?>

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), sediado em Porto Alegre (RS), marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento em segunda instância do processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no "caso tríplex".

A data foi proposta pelo desembargador Leandro Paulsen, revisor do caso, e pode definir o futuro das ambições eleitorais do líder petista. Em primeiro grau, Lula foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Se a condenação for confirmada pelo TRF-4, o ex-presidente não poderá disputar as eleições de 2018 e correrá o risco de ser preso. Segundo a acusação, Lula recebeu um apartamento tríplex no Guarujá (SP) como propina da empreiteira OAS, em troca de favorecimentos em contratos com a Petrobras. O ex-mandatário nega ser proprietário do imóvel.

O ex-presidente lidera todos os cenários nas pesquisas de intenção de voto para o Palácio do Planalto, com mais de 15 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC).