Esportes

15/01/2021 as 22:56

Mesmo desfalcado, Brasil estreia com empate no Mundial de Handebol

Surto de covid-19 não impede seleção de fazer frente à Espanha

ABr
Foto: IHF / Egypt 2021 / Ag. Brasil / agenciabrasil.ebc.com.br/esportes<?php echo $paginatitulo ?>

O Brasil superou os vários casos do novo coronavírus (covid-19) no elenco e na comissão técnica e teve grande atuação na estreia do Campeonato Mundial de Handebol Masculino, disputado no Egito. Nesta sexta-feira (15), a seleção nacional empatou em 29 a 29 com a Espanha, atual campeã europeia, na primeira rodada do Grupo B da competição.

Diagnosticados com a covid-19, o armador (e capitão) Thiagus Petrus, o goleiro Leonardo Ferrugem, o técnico Marcus Tatá e outros três membros da comissão sequer puderam viajar para o Mundial. Na chegada ao Egito, o ponteiro Felipe Borges também testou positivo. O goleiro César Bombom foi chamado para o lugar de Ferrugem, enquanto o ponteiro Guilherme Torriani foi escolhido para a vaga de Felipe - ele chega à capital Cairo no sábado (16). Sem Tatá no banco, o Brasil foi dirigido pelos auxiliares Giancarlos Ramirez e Leonardo Bortolini.