Esportes

02/07/2020 as 18:03

Vettel diz que ficou 'surpreso' com falta de oferta da Ferrari

Alemão ainda comentou que recebeu a notícia por telefone

Agência: Ansa
Foto: Ansa<?php echo $paginatitulo ?>

O piloto Sebastian Vettel, da Ferrari, revelou nesta quinta-feira (2) que a equipe não fez nenhuma oferta de renovação. O alemão também comentou que ficou surpreso quando recebeu a notícia de que não faria mais parte da escuderia italiana a partir da temporada de 2021.

Na coletiva de imprensa do Grande Prêmio da Áustria, Vettel afirmou que sua saída foi comunicada por telefone.

"Foi uma surpresa para mim quando recebi a ligação de Binotto e ele disse que a equipe não tinha intenção de continuar o relacionamento comigo. Nunca entramos em discussões. Também nunca houve uma oferta na mesa e, portanto, não havia nenhum ponto de discórdia", comentou o tetracampeão de F1.

O alemão, que disputará a temporada de 2020 pela Ferrari, também negou que está negociando com outras equipes. No entanto, o piloto de 32 anos garantiu que segue motivado e "ansioso" para alcançar novas metas.

"Tenho uma natureza muito competitiva. Eu conquistei muita coisa nesse esporte e sigo motivado e ansioso para conseguir mais. Para isso, preciso do equipamento certo e das pessoas certas em minha volta. É isso que estou procurando atualmente", disse o alemão.

Vettel ainda contou que precisa decidir se deve permanecer ou deixar a categoria. No entanto, o tetracampeão afirmou que se abandonar a F1 de forma temporária, ele poderá não encontrar futuramente espaço para voltar.

A Ferrari anunciou a saída de Vettel em 12 de maio, tendo comunicado a chegada do espanhol Carlos Sainz Jr., da McLaren, dois dias depois. O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, explicou na ocasião que a decisão foi tomada "em conjunto" com o tetracampeão.

Desde 2015 na Ferrari, Vettel venceu 14 corridas em pouco mais de 100 Grandes Prêmios disputados. Os melhores resultados conquistados foram dois vice-campeonatos nas temporadas de 2017 e 2018.