Esportes

06/11/2019 as 21:35

Perto do clássico, Guarani blinda elenco e adota tom de mistério

O time toma todo cuidado possível para não dar armas ao rival antes de a bola rolar

fonte
Foto: Instagram Oficial guaranifc_oficial<?php echo $paginatitulo ?>

O assunto Dérbi 195 entrou, definitivamente, na pauta do Guarani. Se antes o clássico era tratado como plano secundário em virtude do duelo frente ao Bragantino, agora tornou-se um mantra dentro dos bastidores do clube.
 
Após a derrota por 3 a 1 em Bragança Paulista, o Guarani iniciou já nesta quarta-feira a preparação para reencontrar a Ponte Preta no próximo sábado, às 16h30, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em duelo válido pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A comissão técnica optou por realizar treinamentos fechados nas três próximas sessões de trabalho. Nesta tarde, por exemplo, a reapresentação ocorreu no CT e sem atendimento agendado aos jornalistas. A blindagem ao plantel e o tom misterioso segue até sexta, data da última atividade e coletiva do comandante Thiago Carpini.

A preparação será exclusivamente em Campinas, ao contrário do ano passado, quando passou alguns dias na vizinha cidade de Jaguariúna. O time toma todo cuidado possível para não dar armas ao rival antes de a bola rolar.

Internamente, a ideia é adotar o silêncio como "palavra de ordem", colocar apenas jogadores mais maduros na entrevista (de quinta-feira, se houver) e trabalhar sem a presença da imprensa para tentar surpreender o rival.

Há também o entendimento de que, em se tratando de dérbi, é possível, sim, vencer a Ponte também com trabalho sólido.

O tropeço na última rodada fez aumentar a proximidade da zona de rebaixamento - caiu para cinco pontos. Em 14º lugar, com 39 pontos, o Guarani tem quatro de vantagem sobre o Figueirense, primeira equipe dentro da zona da degola.