Esportes

08/09/2019 as 16:00

Filho de Enzo Ferrari diz que Leclerc teria aprovação do pai

Monegasco venceu em Monza e foi ovacionado pelos torcedores

Agência: Ansa
Foto: AnsaFlash<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - Piero Ferrari, filho de Enzo Ferrari, fundador da escuderia de Maranello, afirmou neste domingo (8) que o piloto Charles Leclerc teria a aprovação do seu pai.

O monegasco conseguiu segurar hoje (8) as investidas dos pilotos da Mercedes e conquistou o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1. Com a vitória de Leclerc, a Ferrari encerrou o jejum de nove anos sem vencer em Monza.

"Meu pai teria gostado muito de Leclerc. Ele foi muito bem, não poderia ter sido melhor. Tivemos muita pressão dos boxes, mas ele sabe como se comportar. É bom ver um jovem que consegue vencer na primeira temporada na Ferrari", disse Piero em entrevista para "Sky Sports".

Após o triunfo, Leclerc foi ovacionado pelos torcedores que marcaram presença no circuito de Monza. O monegasco recebeu diversos aplausos e o público gritou o nome do piloto de 22 anos.

"A região da Lombardia aplaude Charles Leclerc, um talento excepcional, e da Ferrari", afirmou o governador da região da Lombardia, Attilio Fontana.

Já o diretor da Ferrari, Mattia Binotto, admitiu que chorou após a vitória e a premiação de Leclerc.

"Confesso, no hino algumas lágrimas vieram até mim. Leclerc foi muito bem.Talvez e logo diga que nasceu uma estrela, mas juntos poderemos fazer algo único", disse Binotto.

O CEO da Ferrari, Louis Camilleri, revelou que a vitória de Leclerc "compensa as decepções" que a escuderia italiana viveu na atual temporada da Fórmula 1.

"Esta vitória em Monza compensa as decepções da temporada. Esperamos nove anos, mas nos 90 anos da Ferrari esta é a festa perfeita. Foi muito emocionante e estou muito feliz pelo time, pelos torcedores e por toda a Itália. Queremos muito mais que Spa e Monza", destacou Camilleri.

O atual líder do campeonato, Lewis Hamilton, da Mercedes, parabenizou Leclerc pela vitória em Monza.

"Parabéns a Leclerc e a Ferrari, ele teve muita pressão de mim e do Bottas, mas ele foi rápido demais na reta, mesmo com nossos DRS [Sistema de Redução de Arrasto] abertos não conseguimos superar", afirmou Hamilton.

Com a vitória, Leclerc soma 182 pontos e ocupa a quarta colocação da classificação. O monegasco está atrás somente de Max Verstappen (185), Bottas (221) e Hamilton (284).(ANSA)