Esportes

14/05/2019 as 19:50

Zverev oscila e perde de tenista da casa na estreia em Roma

Goffin será o adversário de estreia do argentino Juan Martín del Potro

Agência: Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução<?php echo $paginatitulo ?>

Ainda sem ganhar confiança no saibro, o tenista alemão Alexander Zverev oscilou nesta terça-feira e foi eliminado de forma precoce no Masters 1000 de Roma, na Itália. O atual número cinco do mundo foi surpreendido pelo local Matteo Berrettini , convidado da organização, por 2 sets a 0, com duplo 7/5, em 1h48min.

Com a queda logo em sua estreia, em um torneio que foi campeão em 2017, Zverev pode perder mais posições no ranking nas próximas semanas. O alemão começou a temporada na quarta posição, chegou a figurar em terceiro e agora é o quinto. O alemão não defendeu na semana passada os pontos do título obtido em Madri, em 2018 - caiu nas quartas de final. Em Roma, ele defendia o vice-campeonato.

Para evitar novas quedas, Zverev aposta numa boa campanha em Roland Garros, que terá início no dia 26 de maio. No ano passado, ele parou nas quartas de final. Nesta temporada, o alemão ainda não conseguiu emplacar três vitórias consecutivas no saibro. Seu melhor resultado até agora foi as quartas em Madri, na semana passada.

Enquanto Zverev já projeta Roland Garros, Matteo Berrettini comemora a sua melhor campanha em Roma. O tenista de 23 anos, 33º do mundo, vai enfrentar nas oitavas de final o vencedor do duelo entre o argentino Diego Schwartzman e o espanhol Albert Ramos-Viñolas, que veio do qualifying. Nesta terça, Schwartzman fez a sua estreia em Roma superando o japonês Yoshihito Nishioka por 6/1 e 6/4.

Zverev não foi o único a decepcionar nesta terça. Após sua queda, o búlgaro Grigor Dimitrov seguiu pelo mesmo caminho, ao ser batido pelo alemão Jan-Lennard Struff por 4/6, 7/6 (7/5) e 3/6. Struff vai encarar agora o croata Marin Cilic, que despachou com facilidade o local Andrea Basso por 6/1 e 7/5.

Também se despediu precocemente em Roma o suíço Stan Wawrinka, que sofreu uma dura virada do belga David Goffin, com direito a um "pneu": 4/6, 6/0 e 6/2. Goffin será o adversário de estreia do argentino Juan Martín del Potro.

Já o russo Karen Khachanov e o australiano Nick Kyrgios, apostas da geração mais nova, venceram seus duelos. O primeiro bateu o espanhol Roberto Bautista Agut por 5/7, 6/4 e 6/2, enquanto Kyrgios superou o russo Daniil Medvedev por 6/3, 3/6 e 6/3.

Os franceses Richard Gasquet e Benoit Paire se despediram nesta terça. Em jogo adiado da segunda, que foi interrompido por causa da chuva, Gasquet caiu diante do compatriota Jeremy Chardy por 6/1, 4/6 e 6/3. O vencedor ser o rival de estreia do espanhol Rafael Nadal. Paire, por sua vez, foi eliminado pelo moldávio Radu Albot por 6/3 e 6/2.

O suíço Roger Federer também conheceu seu adversário de estreia no saibro de Roma. Será o português João Sousa, que sofreu para despachar o norte-americano Frances Tiafoe por 6/3, 6/7 (3/7) e 7/6 (7/4).

Em outro jogo do dia, o americano Taylor Fritz bateu o argentino Guido Pella por 6/3 e 6/4. E se credenciou para o duelo com o japonês Kei Nishikori, que estreará direto na segunda rodada.