Esportes

11/02/2018 as 17:25

Barcelona para na retranca do Getafe e vê Atlético de Madrid encostar na tabela

A partir dali, uma verdadeira barricada segurava qualquer tentativa de marcar

fonte
Foto: Divulgação<?php echo $paginatitulo ?>

O Barcelona não conseguiu furar a retranca do Getafe e empatou sem gols neste domingo, fora de casa, pela 23.ª rodada do Campeonato Espanhol. O resultado dá um pouco mais de emoção para o torneio, pois o Atlético de Madrid venceu o Málaga por 1 a 0 no sábado e encurtou a distância para sete pontos.

O time catalão, que acumulou a segunda igualdade consecutiva na competição, lidera com 59 pontos e o segundo colocado tem 52. Vale lembrar que Barcelona e Atlético de Madrid ainda se enfrentarão. O confronto entre as equipes de melhor campanha acontecerá em 4 de março, pela 27ª rodada, no estádio Camp Nou. O Getafe ocupa o décimo lugar, com 30.

Antes disso, o Barcelona precisa se preocupar com o duelo contra o Chelsea, na próxima terça-feira, fora de casa, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Pelo Espanhol, o time de Messi visitará o Eibar, no sábado. O Getafe jogará na segunda-feira, dia 19, contra o Celta de Vigo, em casa.

Na partida deste domingo, o Barcelona encontrou muita dificuldade, especialmente no primeiro tempo, para chegar ao gol adversário. Nos 45 minutos iniciais, foram apenas dois chutes a gol. O Getafe deixava o adversário tocar a bola como queria até sua intermediária. A partir dali, uma verdadeira barricada segurava qualquer tentativa de marcar.

O brasileiro Phillippe Coutinho, que começou como titular, acordou o Barcelona no segundo tempo e criou duas oportunidades em sua jogada característica. Tanto aos 4, quanto aos 12 minutos, ele recebeu a bola fora da área do lado esquerdo, trouxe para o meio e bateu no canto aposto do goleiro. Na primeira, Guaita defendeu com tranquilidade. Na outra, precisou se esticar todo e colocou para escanteio.

Com o time catalão totalmente exposto, o Getafe quase surpreendeu em um contra-ataque. O goleiro do Barcelona, Ter Stegen, estava adiantado e escorregou no momento de voltar para o gol. Gaku Shibasaki tentou mandar da intermediária por cobertura, mas chutou para fora.

O Barcelona respondeu com mais três oportunidades. Messi chutou colocado no ângulo esquerdo para defesa de Guaita. Na sequência, o ex-palmeirense Yerry Mina aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou, com perigo, para fora. Por fim, Suárez, também de cabeça, exigiu que o goleiro adversário mandasse para escanteio.