Em Foco

23/03/2020 as 13:38

Aos 90 anos, morre o escritor italiano Alberto Arbasino

Ele era um dos protagonistas do movimento literário Grupo 63

Agência: Ansa
Foto: Ansa<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - O escritor e jornalista Alberto Arbasino, conhecido por ter sido um dos protagonistas do movimento literário italiano Grupo 63, morreu nesta segunda-feira (23), aos 90 anos de idade.

De acordo com o jornal "La Repubblica", Arbasino faleceu "serenamente após uma longa doença".

"Autor prolífico, intelectual inconformista, escritor experimental: tudo isso foi Alberto Arbasino, que com seu gênio iluminou a cultura italiana e além. Sua perda é uma grande dor", escreveu o ministro da Cultura da Itália, Dario Franceschini.

"Alberto Arbasino deixou uma marca na literatura italiana do século 20 e seu falecimento deixa um vazio, juntamente com uma herança preciosa e original. Gostaria antes de tudo de expressar meu sentimento de proximidade e solidariedade com os membros da família e aqueles com quem eles compartilharam amizade, experiências , confronto intelectual", disse o presidente da Itália, Sergio Mattarella.

Arbasino também foi deputado entre os anos de 1983 e 1987. Já ama de suas obras mais famosas foi o livro "Super Eliogabalo", de 1969.

Em homenagem pela sua carreira, o italiano ainda ganhou em 2004 o Prêmio Chiara.(ANSA)