Em Foco

21/02/2020 as 12:07

Verona se candidatará para 'capital italiana da cultura' de 2021

Cidade apresentou dossiê que enviará para concorrer ao título

Agência Ansa
Foto: Ansa<?php echo $paginatitulo ?>

(ANSA) - A cidade de Verona, localizada na região do Vêneto, no norte da Itália, apresentou nesta quinta-feira (20) as diretrizes do dossiê de sua candidatura para se tornar Capital Italiana da Cultura no próximo ano.

Batizado de "Manifesto de Verona 2021", o documento conta com uma célebre citação retirada do clássico Romeu e Julieta, de William Shakespeare, em sua primeira página: "Não existe mundo além dos muros de Verona".

Segundo o governo local, o lamento do personagem Romeu, exilado na cena 3, do ato III, da tragédia popular, é um "gesto forte e positivo que cancela precisamente esse "não" que aparece na frase. "Existem mundos fora dos muros do centro histórico, do ciclo do Ádige, a cidade antiga e turística, mas também dos muros de uma grande encruzilhada de Verona, que fala com os mundos mais distantes, nacional e internacional, aos quais propõe novos modelos de inovação urbana por meio da cultura", explicou o prefeito da cidade, Federico Sboarina.

O dossiê será enviado pelos escritórios municipais para o Ministério dos Bens Culturais, em Roma, no próximo dia 2 de março, e expressará novas formas de ser uma cidade no tempo atual, com modelos de inovação e ambições de uma capital com conteúdo a oferecer ao resto do país. "É uma candidatura que capta o momento feliz da cultura veronense.

Falamos de renascimento cultural, mas sobretudo de renascimento da cidade através da cultura, com exemplos importantes, inclusive recentes, de colaboração entre público e privado em iniciativas de aprimoramento e promoção cultural", acrescentou o prefeito. Para Sboarina, "capital ou não capital, nosso objetivo é abrir a cidade, que já representa uma referência precisa e importante cultural, para o mundo inteiro.

Neste ano, a cidade de Parma, que fica na região da Emília-Romagna, iniciou seu "mandato" como capital italiana da cultura. Ao todo, serão mais de 400 acontecimentos para celebrar o título. (ANSA)