Em Foco

15/05/2019 as 19:22

Britney Spears não deve voltar aos palcos de Las Vegas

O empresário, no entanto, revelou que a escolha é unicamente da cantora

Agência: Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução/Instagram<?php echo $paginatitulo ?>

Britney Spears pode até ser saído da clínica psiquiátrica após um mês de internação, mas para seu empresário, Larry Rudolph, a cantora não está pronta para voltar aos palcos de sua residência em Las Vegas tão cedo.

De acordo com fontes do TMZ, a cantora não está com uma boa forma física e mental para retomar os ensaios dos shows, que deveriam ter começado em fevereiro. No início de janeiro, Britney disse que faria uma pausa na carreira por conta da saúde do pai, que 'quase morreu' em decorrência de uma ruptura no cólon.

"Como a pessoa que cuida de sua carreira, é claro para mim que ela não deveria voltar para fazer essa residência em Vegas, não em um futuro próximo e possivelmente nunca mais", disse Larry Rudolph, que apenas recebe informações médicas que possam impactar a carreira da artista.

O empresário, no entanto, revelou que a escolha é unicamente da cantora: "Eu não quero que ela volte a trabalhar até estar pronta física e mentalmente. Se essa hora não chegar, nunca mais chegará. Eu não tenho a vontade ou permissão para fazê-la trabalhar de novo. Eu estou aqui apenas para quando ela quiser trabalhar."

Na última semana, a artista disse que estava internada contra sua vontade e queria encerrar a tutela sob a qual é mantida há 11 anos, em que seu pai é responsável por sua vida pessoal e financeira. Ela compareceu a um tribunal, que determinou que Britney será avaliada por um profissional para, em setembro, tomar uma decisão.