Economia

29/07/2020 as 13:47

Guedes tem primeira reunião com Aguinaldo Ribeiro, relator da reforma tributária

A proposta do ministro cria a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), que substitui o PIS/Cofins

fonte
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil<?php echo $paginatitulo ?>

Por Adriana Fernandes
O ministro da Economia, Paulo Guedes, teve nesta quarta-feira, 29, uma primeira reunião com o relator da reforma tributária no Congresso, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), para discutir pontos do texto enviado pelo governo na semana passada. A proposta do ministro cria a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), que substitui o PIS/Cofins.

Guedes quer antecipar para agosto o envio de proposta de desoneração da folha com a criação de uma nova contribuição de base mais ampla do que a extinta CPMF, como antecipou ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) o assessor do ministro, Guilherme Afif Domingos. O potencial de arrecadação é de R$ 120 bilhões, diz Afif.

Segundo a secretaria de Governo da Presidência da República, a reunião ocorreu no Palácio do Planalto para auxiliar os trabalhos da Comissão Mista criada em fevereiro deste ano pela Câmara e Senado.

Além de Guedes e Aguinaldo, participaram da reunião o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e o secretário da Receita, José Tostes.