Economia

09/01/2019 as 19:27

China: guerra comercial pode ter causado 1ª queda na venda de carros em 20 anos

Ao longo dos últimos 12 meses, 22,7 milhões de carros foram vendidos no mercado chinês

Agência Sputnik
Foto: © AP Photo / Andy Wong<?php echo $paginatitulo ?>

O mercado de automóveis da China, o maior do planeta, apresentou a 1ª queda em vendas em mais de duas décadas. Especialistas acreditam que o resultado seja reflexo da guerra comercial com os EUA.
Ao longo dos últimos 12 meses, 22,7 milhões de carros foram vendidos no mercado chinês.

O número, segundo divulgado nesta quarta-feria (9) pela Associação de Carros de Passageiros (ACP), representa uma queda nas vendas de veículos de 6%, em comparação com 2018.

A diminuição das vendas teve um impulso maior no último mês do ano. Em dezembro de 2018, a queda nas vendas chegou 19% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Segundo a ACP, em entrevista ao site alemão DPA, as causas seriam "a intensa pressão sobre o mercado imobiliário, o alto endividamento, o esfriamento da economia e falta de confiança do consumidor".

Ainda segundo publicado pelo site alemão, especialistas também enxergam na queda de vendas um reflexo das tarifas impostas a carros importados dos EUA. A incerteza criada com a guerra comercial entre o países e as restrições sobre carros em cidades chinesas se somam como agravantes.

Outro fator a ser considerado seria também o aumento do uso de aplicativos de transporte.